Nigeriano pode ser condenado à morte por ter 86 mulheres

0,,15249288-EX,00

As autoridades islâmicas da Nigéria estão ameaçando condenar à morte um homem casado com 86 mulheres caso ele não dispense 82 delas em três dias, ficando apenas com quatro esposas.

O ultimato foi anunciado três semanas depois de a imprensa nigeriana e a BBC terem noticiado o caso de Mohammed Bello Abubakar, de 84 anos, e suas esposas, com quem ele tem 170 filhos.

Para as autoridades islâmicas na Nigéria, Bello Abubakar - ex-professor e pregador muçulmano - formou um culto, não uma família.

A maioria das autoridades islâmicas concorda que um homem pode ter até quatro mulheres, desde que demonstre ter condições de dar o mesmo tratamento a todas elas, mas Bello Abubakar afirma que o Alcorão não prevê nenhuma punição para quem tem um número maior de mulheres.

Fonte: Globo.com


Olha eu juro que morreria feliz viu...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários só irão ao ar se aprovados pelo dono deste blog.

Não será aceito comentários com:
- xingamentos ou ofensas;
- propagandas indevidas;
- spams;

Pedidos de parcerias somento por e-mail.