As piores invenções tecnológicas

Um produto de última geração não é, necessariamente, um sucesso de vendas. Várias inovações tecnológicas foram um fracasso comercialmente; portanto, existe uma série de outros fatores que influenciam o sucesso de um produto. Vejamos alguns dos piores produtos tecnológicos ao longo da história:
Microsoft Bob






Projeto gerenciado por Melinda French, na época namorada de Bill Gates. Tratava-se de uma tentativa de incrementar a interface do Windows 3.1 através de chatos personagens animados, como o Gato Chaos ou o Rato Scuzz. O Microsoft Bob sumiu com o lançamento do Windows 95.







DVD descartável
Já pensou em um DVD que só pode ser utilizado por apenas 48 horas? Até hoje a empresa Flexplay vende esses DVDs descartáveis no Japão. De fato, a moda não pegou.
Atari Jaguar


O Jaguar foi lançado pela Atari no começo dos anos 90, para competir com os consoles 16 bits da Sega e Nintendo. Embora ele tivesse uma resolução gráfica melhor que a do Super Nintendo, foi um fracasso de vendas: acabou junto com a falência da Atari em 1996. Motivos? Devido à complexidade de programação do console, havia poucos jogos; além disso, jogar com um controle de 15 botões não era nada fácil.




Windows Millennium
Lançado no final dos anos 2000, o Windows Millennium seria a continuação do Windows 98 para usuários domésticos. No entanto, diversos problemas apareceram: dificuldades em instalar o sistema, instabilidade, incompatibilidade com alguns hardwares, entre outros. O sistema operacional foi ofuscado pelo lançamento de seu mais novo irmão e bem mais estável Windows 2000. Muitos apelidaram o Windows Millennium Edition (ME) como Windows Mistaken Edition (em português, edição equivocada).
Amstrad E-m@iler Telephone





Imagine um telefone que cobrava por e-mail enviado. Não era uma das melhores idéias, não?






Sony BMG Music CDs

No ano de 2005, os CDs da Sony BMG Music Entertainment tinham um sistema de proteção à cópia que instalava um rootkit que abria brechas de segurança e deixava o computador do usuário mais vulnerável a ataques. Resultado: a empresa teve que recolher seus CDs do mercado, além de enfrentar inúmeros processos judiciais.
Por Tiago Dantas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários só irão ao ar se aprovados pelo dono deste blog.

Não será aceito comentários com:
- xingamentos ou ofensas;
- propagandas indevidas;
- spams;

Pedidos de parcerias somento por e-mail.